Um assunto delicado, e que poucos Diretores de uma Associação dominam, é a forma de cálculo da mensalidade do seu programa de proteção veicular.

Normalmente as Associações trabalham de forma errada e ilegal, determinando um valor fixo de mensalidade, ignorando que elas nasceram com o objetivo de ratear prejuízos ocorridos dentro do mês para seus associados.

A mensalidade é calculada da seguinte maneira:

rateio mensal dos prejuízos + taxa de administração + produtos contratados (assistência 24 horas/rastreamento/etc)

A composição dessa mensalidade, de forma a alcançar e não ultrapassar uma determinada quantia que é oferecida ao Associado no momento da contratação, é que se mostra a parte mais difícil de conseguir.

Os produtos contratados pelo Associado fazem parte da categoria de custos fixos na mensalidade e não oscilam, pois cada benefício é cobrado à parte e tem preços preestabelecidos.

A taxa de administração é definida pela Associação, e engloba os custos para que a mesma se mantenha. Podem ser incluídos na taxa de administração os gastos com aluguel, salários, telefone, impostos, energia, etc.

Como funciona o rateio

O rateio normalmente está previsto em contrato e permite à associação de proteção veicular indenizar os eventos ocorridos no mês como, por exemplo, roubo, furto, colisão, alagamento, etc.

Ele é estipulado e escalonado de acordo com a categoria e o valor do veículo protegido pelo Associado. Esse tipo de organização estabelece um critério de igualdade, pois o proprietário de um veículo mais caro pagará mais pela cobertura, enquanto o associado cujo veículo é menos valorizado pagará mais barato.

Desta forma cada associado paga um valor correspondente a uma ou mais cotas que equivalem ao valor do veículo.

Ficou com alguma dúvida? Envie um e-mail para contato@portesadvogados.com.br.

Agora, se seu objetivo é profissionalizar a gestão jurídica da sua Associação, podemos marcar uma reunião para você conhecer melhor nossa estrutura e as diretrizes que podemos implantar em seu negócio, tanto no âmbito jurídico, quanto no contábil. Para isso, entre em contato pelos telefones (31) 2536-1796 ou 2567-2797.